CÂMARA DE LOBOS - DICIONÁRIO COROGRÁFICO

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
 
Entrada > Dicionário > E > Emigrante, (monumento ao)
 

 

 

Emigrante (Monumento ao)

 

Monumento existente no Largo da República, em Câmara de Lobos, dedicado ao emigrante e inaugurado no dia 16 de Outubro de 1987, por Sua. Excelência o Secretário Regional da Educação. Este monumento feito em pedra com um globo dourado no cimo e com um mapa da baía de Câmara de Lobos, em pedra e em metal, importou em 650 mil escudos e foi uma oferta de emigrantes venezuelanos do concelho.

A propósito desta verba, será justo referir que a ideia inicial dos emigrantes era a de construírem uma infra-estrutura turística do Pico da Torre, em Câmara de Lobos, que depois ofereceriam à Câmara Municipal de Câmara de Lobos, constituindo esta uma forma de homenagem à sua terra natal, dos inúmeros camaralobenses radicados na Venezuela.

Tal infra-estrutura, envolvia, num projecto do arquitecto Nereus Fernandes, a construção de uma torre encimada por um relógio, um salão de chá, um miradouro, parque de estacionamento e jardins. Contudo, devido a burocracias várias este projecto nunca pode ser concretizado, pelo que a angariação de fundos para a sua construção, efectuado por uma comissão constituída por Sebastião de Abreu Santos, João Ferreira César Júnior, João Rodrigues de Aguiar e Manuel da Costa, foi suspensa e entregues à Câmara cerca de 600 mil escudos, que com tal verba viria a construir um monumento aos emigrantes [1], [2].



[1]        Girão nº5.

[2]        Diário de Notícias de 16 de Outubro de 1986.

 

Câmara de Lobos

Dicionário Corográfico
Edição electrónica

Manuel Pedro Freitas

Câmara de Lobos, sua gente, história e cultura