CÂMARA DE LOBOS - DICIONÁRIO COROGRÁFICO

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z  
 
Entrada > Dicionário > E > Esculturas
 

 

 

Esculturas

 

O concelho de Câmara de Lobos possui várias esculturas, principalmente em pedra, facto a que não é alheio a realização, em Outubro de 1997, da Semana da Pedra e, em Maio de 2004, do Simpósio Internacional de Escultura em Pedra (SINEP/2004). Durante estes eventos que se prologaram, cada um deles por uma semana, reunir-se-iam, em Câmara de Lobos, vários escultores que tendo como matéria prima a pedra, esculpiram várias obras que ficariam a constituir património camara-lobense.

Fazendo um inventário relativamente às obras e motivos escultóricos que estão ou estiveram acessíveis ao público camara-lobense, poderemos individualizar: O Busto do Dr. Januário Figueira da Silva, situado na Rua Dr. João Abel de Freitas; a estátua dedicada a São Francisco Xavier, ergida no jardim do mesmo nome à entrada da cidade de Câmara de Lobos;  Monumento ao Emigrante, que esteve implantado até 2004, no Largo da República, mas daí retirado após as obras de remodelação que decorreram nesse espaço; o Marco comemorativo da transformação do Despenhadeiro das Heras em Estrada Real, situado no Caminho das Heras, freguesia de Câmara de Lobos; o painel alusivo à presença de Churchill Winston em Câmara de Lobos, que esteve afixado até 2003, na parede da casa anexa ao Miradouro do Espírito Santo, em Câmara de Lobos; o Mausoléu de Henry Veicth construído na Quinta do Jardim da Serra, freguesia do Jardim da Serra; o Cruzeiro da Independência, situado no Pico da Torre, em Câmara de Lobos; os painéis alusivos ao quotidiano dos pescadores, existentes no restaurante Coral-Bar até à sua destruição, em 2005; Monumento ao Canteiro, implantado no Miradouro do Salão Ideal; o Rendimento Diário, escultura em Cantaria da autoria de António Rodrigues e que foi instalada, em 1997,no átrio dos Paços do Concelho; o Gárgula, escultura de Emanuel Aguiar, instalada no átrio interior dos Paços do Concelho; o Abrigo Orgânico, estátua de João Antero, instalada em 1997, na entrada/saída da via rápida no ilheuzinho, freguesia de Câmara de Lobos; a Laurea Campanil, escultura de Moisés Preto Paulo, instalada em 1997, no cruzamento da Estrada de João Gonçalves Zarco com a Rua Padre Manuel Juvenal Pita Ferreira; o Lobo Marinho, estátua de António Matos, instalada à entrada do centro da cidade de Câmara de Lobos, num gaveto constituído pelo cruzamento da Estrada de João Gonçalves Zarco com a Rua da Carreira, onde antes esteve uma bomba de gasolina.

Na rua Dr. João Abel de Freitas, a Casa da Cultura de Câmara de Lobos tem na sua entrada norte um motivo escultórico da autoria de Ricardo Velosa.

Em resultado do SINEP o concelho de Câmara de Lobos ficaria dotado de novas esculturas.

Para a freguesia de Câmara de Lobos, os temas propostos foram: Família/João Gonçalves Zarco para colocar no topo do Ilhéu de Câmara de Lobos; Pesca para colocar no centro da cidade de Câmara de Lobos; Bordado Madeira/Bordadeira para colocar no Mercado de Câmara de Lobos e Gastronomia/Espetada/Peixe-Espada-Preto para colocar na Promenade de Câmara de Lobos
Para o Estreito de Câmara de Lobos foram idealizadas duas estátuas, uma sobre a Uva/ Lagar e outra sobre o Transporte em rede.
Para a freguesia da Quinta Grande foi idealizada uma escultura sobre o tema Agricultura.
Para o Curral das Freiras foi proposto o tema Castanha/Noz e, para o Jardim da Serra uma escultura sobre o tema a Cerejeira.

 

 

 

Câmara de Lobos

Dicionário Corográfico
Edição electrónica

Manuel Pedro Freitas

Câmara de Lobos, sua gente, história e cultura