CÂMARA DE LOBOS - DICIONÁRIO COROGRÁFICO

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z  
 
Entrada > Dicionário > A > Associação de Alcoologia Camaralobense - Mão Amiga 
 

 

 

Associação de Alcoologia Camaralobense - Mão Amiga 

Fundada por escritura notarial de 10 de Março de 1997 [1], com a finalidade de combater do alcoolismo; recuperar alcoólicos interessados no seu tratamento; acompanhar e apoiar os alcoólicos recuperados ou em recuperação promovendo nomeadamente a sua integração no ambiente familiar, profissional e social; estimular a colaboração dos recuperados nas acções de apoio a outros carentes e na sua defesa e expansão dos princípios do combate ao alcoolismo e colaborar com outras entidades oficiais e particulares que se ocupam do alcoolismo tanto no seu aspecto profiláctico como terapêutico.

Teve a sua primitiva sede na rua da Fundação D. Jacinta de Ornelas, na freguesia do Estreito de Câmara de Lobos e foram seus sócios fundadores: João Delfino da Silva Brites; João Pinto Figueira; António Figueira Ornelas; Amélia Pedro Alexandre Ribeiro Nóbrega; Helder Pestana Barros e Maria Ferdinanda Pereira Maçal [2].

No dia 11 de Maio de 2000, inaugurou a sua sede no Funchal, à rua Latino Coelho, 45. Na altura, Rui Cardoso, presidente da direcção, diria que apesar da associação ter nascido na freguesia do Estreito de Câmara de Lobos, traba­lhava para toda a Madeira, estando nesse momento a desenvolver acções em cinco concelhos distintos, concretamente no Fun­chal, Porto Santo, Câmara de Lobos, Machico e Ribeira Brava. Desta forma era importante ter um espaço no Funchal, por forma a reunir condições para tornar ainda mais sólido o traba­lho que estava a desenvolver e que visava não só o apoio aos alcooldependentes e respectivas famílias, mas também a promoção de acções de prevenção e esclareci­mento, nomeadamente junto das camadas mais jovens [3].



[1]        No dia da inauguração da sua sede no Funchal, é referido  o dia 13 de Março como data da criação oficial da associação, o que deverá ser um equívoco.

[2]        Livro 239-B, fls 2 a 4v. 2º Cartório Notarial do Funchal.

[3]        Jornal da Madeira, 11 de Maio de 2000.

Câmara de Lobos

Dicionário Corográfico
Edição electrónica

Manuel Pedro Freitas

Câmara de Lobos, sua gente, história e cultura