CÂMARA DE LOBOS - DICIONÁRIO COROGRÁFICO

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
 
Entrada > Dicionário > C > Cairos Rego, Capitão António Francisco de
 

 

 

CAIROS REGO, Capitão António Francisco de

 

O Capitão António Francisco de Cairos Rego, era natural da freguesia de Câmara de Lobos, onde nasceu no sítio da Panasqueira, no dia 9 de Abril de 1796 [1]. Residiu ao sítio da Lourencinha e faleceu no dia 19 de Julho de 1874, no sítio do Serrado da Adega, freguesia de Câmara de Lobos, em casa de sua filha, Carlota de Cairos Rego.

Era filho do Capitão Francisco João de Cairos, proprietário, natural de Câmara de Lobos e de Mariana Francisca (Rosa Vidal) de Cairos, natural da freguesia da Sé [2]. Casou, na igreja de São Sebastião, a 18 de Fevereiro de 1824 com Carlota Joaquina de Almeida, filha de João António Gonçalves, natural da freguesia da Marinha e de Joana da Trindade Vasconcelos, natural da freguesia de São Julião, Lisboa [3], de quem teve pelo menos dois filhos:

1. Carlota de Cairos Rego, nascida por volta de 1825, que casa pela primeira vez a 9 de Setembro de 1861 com Henrique Correia de Noronha [4],[5], natural de Câmara de Lobos, filho de João Correia Henriques de Noronha e de Maria Francisca Correia Noronha, assumindo o apelido de Correia Noronha e a segunda vez, a 1 de Junho de 1872 com Clemente de Sousa Aguiar, falecendo a 13 de Outubro de 1884. Teve um único filho, em resultado do seu primeiro casamento [6] .

2.  António Henriques Correia Noronha, que casou com Maria Henriqueta de Noronha, e faleceu aos 36 anos, no dia 10 de Outubro de 1897, na rua da Boa Viagem, freguesia de Santa Maria Maior, onde tinha residência, sendo contudo sepultado na vila de Câmara de Lobos. Maria Henriqueta Jerino Correia de Noronha, assim se chamava na altura da sua morte, morreria no dia 29 de Setembro de 1949, aos 82 anos, na sua residência na Rochinha, tendo tido pelo menos uma filha:

3. Natália Jerino Correia de Noronha Viena, que casou com Luís Domingos Viana, de quem houve:

4. Luís António Correia de Noronha Viana.

4.  Maria Cecília Jerino Correia de Noronha Viana.

1.   Natália Rego. Nascida em 1826 e casou em 1852 com Fortunato Leandro Larica, que era viúvo de D. Maria Isabel de Almeida.

1.    Augusto de Caires Rego, nascido por volta de 1835, que casa, em Câmara de Lobos, a 15 de Setembro, de 1867 com Natália da Conceição Almeida Faria, natural de Santa Maria Maior, filha de Joaquim José de Faria Bettencourt, natural da Sé e de Ana Guilhermina de Almeida, natural de Santa Luzia. Foi Administrador do concelho de Câmara de Lobos.

1.   Maria Henriqueta. Casou em 1846 com George Hasch, filho João George Hasch, de Hamburgo e de Maria Carolina Hasch

 

Cairos Rego, Lopes, Ozório, Silva e Barros, são nomes que surgem a 28 de Agosto de 1840, como representando a Câmara que aprovou uma postura sobre os coxos de abelhas. Isto quererá muito provavelmente significar que António Francisco Cairos Rego seria, em 1840, o presidente da Câmara e que muito provavelmente seriam vereadores: Manuel Joaquim Lopes e João António Ozório de Meneses, sendo difícil de precisar os vereadores que assinaram sob o nome de Silva e de Barros, ainda que se admita poderem corresponder a Manuel Figueira da Silva e a José Isidoro Pereira de Barros. Para além da postura, contendo o seu nome, um ofício enviado a 3 de Julho de 1840, por Francisco Correia Herédia Contador da Fazenda do Distrito da Madeira, refere António Francisco de Cairos Rego, como presidente da Câmara Municipal de Câmara de Lobos [7]. Refira-se como curiosidade que o facto de, na altura da sua eleição para vereador, ter utilizado o argumento de pertencer como membro substituto da Junta Geral do Distrito, para solicitar a sua isenção do cargo, o que lhe viria a ser recusado [8].

A tomada de posse do cargo terá ocorrido nos primeiros dias de Janeiro de 1840, muito provavelmente a 3 de Janeiro [9].

Ainda que encontremos também referência ao nome de João Teixeira de Agrela, como presidente da Câmara numas posturas de 8 de Maio de 1840, temos dúvidas se em vez que 1840, não será 1849, uma vez que os elencos camarários são idênticos, o que nos parece coincindência a mais.

No ano seguinte terá sucedido a António Francisco Cairos Rego, Manuel Rodrigues Serrão.

 

Para além de presidente da Câmara Municipal de Câmara de Lobos, cargo que exerceu pelo menos no decurso de 1840, António de Cairos Rego foi também Administrador do concelho de Câmara de Lobos. O início das suas responsabilidades como administrador do concelho aconteceram em Novembro de 1860, tendo informado a Câmara Municipal da sua nomeação por ofício apresentado na sessão camarária de 27 de Novembro de 1860, substituindo desta forma o comendador António Correia Henrique. Manter-se-ia em tais funções até por volta de 1870.

António Francisco de Cairos Rego foi também presidente da Comissão dos maiores contribuintes do concelho.


 


[1]      Eram irmãos de António Francisco de Cairos Rego, João, nascido em Câmara de Lobos, no dia 1 de Julho de 1791; Juliana, nascida, em Câmara de Lobos no dia 23 de Maio de 1794 e Joana, nascida em Câmara de Lobos, no dia 16 de Junho de 1797. No dia 24 de Outubro de 1784 era baptizado outro irmão de António Francisco de Cairos Rego.

De acordo com um casamento ocorrido, em Câmara de Lobos, no dia 29 de Outubro de 1823, o Capitão Francisco João de Cairos residia no sítio da Lourencinha e na sua residência havia um oratório dedicado ao menino Jesus.

Francisco João de Cairos era capitão-mor de ordenanças de Câmara de Lobos e faleceu no dia 1o de Maio de 1830, quando se encontrava em prisão e a aguardar transferência para a penitenciária do Limoeiro, onde deveria cumprir pena por participação numa rebelião ocorrida em 1828.

[2]      O Capitão Francisco de Cairos casou na freguesia de Câmara de Lobos com Mariana Francisca Rosa Vidal (Livro 313, fls. 127vº).

[3]      Livro de Assento de Casamentos de Câmara de Lobos nº 315, fls.5.

[4]      Câmara Municipal de Câmara de Lobos, Livro de registo de testamentos.

[5]      Henrique Correia de Noronha era filho de João Correia Henriques de Noronha e de Maria Francisca Correia Noronha. Era neto paterno de Henrique Henriques Correia de Noronha Henriques e de Maria Luisa de Carvalhal Esmeraldo. Era neto materno de António Jacinto Faria e de Isabel Cristina de Faria.

[6]      Câmara Municipal de Câmara de Lobos, Livro nº —- de registo de testamentos.

[7]      Livro I de Registos da CMCL, pág. 158v e 159.

[8]      Livro I de Registos da CMCL, pág. 133v e 134.

[9]      Livro I de Registos da CMCL, pág. 168 - 169v.

 

      No "Famílias da Madeira e do Porto Santo" (organizado por um dos mehlores genealogistas da Madeira, o cónego Meneses Vaz) , pgs.376, 377. 378, 379, há um título justamente chamado "Cairos Gonçalves"
1.António Francisco de Cairos Rego era filho do Capitão-mor Francisco João de Cairos Rego, que c.c. em 1782 c. D.Mariana Francisca Rosa Vidal, filha de Roque Vidal, de Tuy, e de Antónia Josefa Spínola.
D.Carlota Joaquina de Almeida, era filha de José Gonçalves de Almeida, de Santa Marinha, e de D.Juliana da Trindade e Vasconcelos, de S.Julião. Lisboa, T.o. de "Gonçalves de Almeida".
1.1 O Cap- mór F.J. de Cairos Rego c.c. em 1732, em S.Pedro. com Quitéria Maria da Cruz, herdeira de um vínculo do seu pai, filha de José Rodrigues de Gouveia e de Maria Castro, t.tos. de "Rodrigues de Gouveia", "Castro", "Pais da Cunha", "Lopes Esteves".
Era filho de 1.2. Manuel de Cairos Rego, c. em S.Martinho,em 1699, c. Maria de Faria de Távora, filha de António de Faria e de Sebastiana de Abreu, neta paterna de António de Faria e de Maria de Abreu, neta materna de Manuel Rodrigues da Costa e de Maria de Abreu.
1.2. M.el de Cairos Rego era filho de Pedro Viana do Rego, c. em S.Martinho, 1674, c. Maria Telles de Afonseca, filha de Domingos Lopes Leal e de Catarina Correia, em t.o de "Leais" do Estreito de Câmara de Lobos.
1.3. P. Viana do Rego era filho de Manuel de Cairos, c. no Caniço, em 1630, com Maria Godinho, filha de Francisco de Cairos de Orta e de Inês Viana do Rego, em t.o. de "Cairos de Orta".
1.4. Manuel de Cairos era filho de Luís Gonçalves, lavrador, c. em S.Martinho, em 1591, com Maria de Cairos, no t.o de Cairos de S.Martinho. [http://www.geneall.net/P/forum_msg.php?id=108644#lista]

 

 

Câmara de Lobos

Dicionário Corográfico
Edição electrónica

Manuel Pedro Freitas

Câmara de Lobos, sua gente, história e cultura