CÂMARA DE LOBOS - DICIONÁRIO COROGRÁFICO

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z  
 
Entrada > Dicionário > E > Estrada de Nossa Senhora dos Remédios
 

Página oficial do Governo Regional contendo reportagem da inauguração da estrada de ligação da igreja ao sítio das Fontes na Quinta Grande

 

 

Estrada de Nossa Senhora dos Remédios

 

Denominação dada por deliberação camarária de  27 de Novembro de 2008 ao arruamento que se estende entre a Rua Bispo Manuel Joaquim Gonçalves de Andrade e a Estrada Municipal das Fontes, na freguesia da Quinta Grande, constituindo a primeira fase da ligação dos sítio da Igreja ao sítio das Fontes.

A sua inauguração teve lugar no dia 25 de Março de 2009 e os seus custos ascenderam a 3.058.881,47 euros. Para além de dotar o centro da freguesia de uma melhor estruturação urbana, a via serve um considerável aglomerado populacional. Tem uma extensão de 1.300 metros e dois ramais, com 440 e 198 metros respectivamente, com ligações ao caminho municipal de acesso à via rápida. Possui uma faixa de rodagem de seis metros e passeios de ambos os lados com 1,20 metros de largura, está dotada de iluminação pública e redes de água potável, de esgotos e de água de rega. Por ocasião da construção desta estrada, o espaço público junto à Igreja da Quinta Grande foi também remodelado.

A sua construção prologou-se ao longo de quatro anos, em virtude da falência da empresa a quem foi inicialmente adjudicada.

Na sua sessão de 3 de Abril de 2003, a Câmara Municipal de Câmara de Lobos aprovou por unanimidade o programa de concurso e cadernos de encargo para a abertura de concurso público da empreitada de Construção do C.M. entre o sítio da Igreja e Fontes - Quinta Grande.

No dia 27 de Novembro de 2003, a Câmara delibera adjudicar a empreitada desta obra à empresa Jaime Ribeiro & Filhos, S.A.,  pelo montante de 4.799.572,18 euros.

 

Apesar de se terem iniciado as obras, a Câmara Municipal de Câmara de Lobos, no decurso de Abril de 2008,  é informada, através de ofício, recebido na sua secretaria a 28 de Abril, da intenção da empresa Jaime Ribeiro & Filhos, S.A. em proceder à rescisão do respectivo contrato, celebrado a 1 de Março de 2004, alegando vários incumprimentos por parte da Câmara. Em deliberação camarária de 29 de Maio de 2008, a Câmara refuta todas as acusações e opta por aceitar a rescisão proposta alegando incumprimento do contrato por parte do construtor.

A 24 de Julho de 2008, a Câmara Municipal de Câmara de Lobos adjudica à empresa Lena Construções (Madeira) S.A. pelo valor de 181.345,48 euros, a pavimentação das zonas infra-estruturadas deste caminho.

 

Câmara de Lobos

Dicionário Corográfico
Edição electrónica

Manuel Pedro Freitas

Câmara de Lobos, sua gente, história e cultura