CÂMARA DE LOBOS - DICIONÁRIO COROGRÁFICO

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

powered by FreeFind
se frase colocar entre " 
Entrada > Dicionário > H > Henriques, Capitão João Joaquim Figueira
 



Henriques, Capitão João Joaquim Figueira

 

Natural da freguesia de Câmara de Lobos, onde nasceu no dia 20 de Abril de 1779, tendo falecido, no local da sua residência ao sítio das Eras, Câmara de Lobos, em 1842, aos 63 anos de idade [1].

Era filho do Capitão Francisco Figueira Henriques, natural da freguesia de Câmara de Lobos, onde faleceu no dia 18 de Janeiro de 1812 e de Margarida Rita Ascenção, natural da Ribeira Brava e falecida na freguesia de Câmara de Lobos, onde vivia ao sítio das Eras, no dia  2 de Novembro de 1833 [2].

Era neto paterno de Manuel Gonçalves Henriques e de Catarina Figueira e neto materno de Silvestre de Abreu Pestana e de Maria Abreu Macedo.

Ainda que fosse solteiro, uma sua ligação com Maria Joaquina, natural da freguesia da Serra de Água, onde residia ao sítio da Pereira, resultou em pelo menos dois filhos:

1.    João Joaquim Figueira Henriques, nascido na Ribeira Brava, por volta de 1835 e falecido na sua residência ao sítio do Pedregal, em Câmara de Lobos, no dia 29 de Maio de 1891, quando contava 55 anos, sendo na altura casado em segundas núpcias com Vitorina de Jesus [3]. Desconhece-se se houve descendentes do primeiro casamento e do segundo casamento não houve descendentes.
1.    Maria, nascida  na freguesia da Serra de Água no dia 4 de Janeiro de 1836 [4], desconhecendo-se se teve ou não descendência.
É provável que seja este mesmo capitão João Joaquim Figueira Henriques a que, a 11 de Agosto de 1843, se refere Vicente de Brito Correia, tutor dos órfãos filhos do Capitão João Joaquim Figueira Henriques, numa petição que faz ao Juiz Ordinário da vila da Ponta do Sol. a requerer certidão de uma escritura de contrato de sociedade relativa a uma fábrica de destilaria na freguesia de São Vicente, celebrada em 18 de Junho de 1838, entre o sobredito capitão e João António Ferreira e José Maria Barreto.

No dia 13 de Abril de 2018, esteve presente em visita aos passos do concelho João Carlos Figueira, natural de Manaus, Brasil, trisneto do capitão João Joaquim Figueira Henriques

Foi o primeiro presidente da Câmara Municipal de Câmara de Lobos.

A sua eleição ocorreu no dia 4 de Outubro de 1835, tendo tomado posse nesse mesmo dia [5], [6], [7].

Presume-se que a duração do mandato deste elenco camarário tenha durado até ao dia 2 de Abril de 1837 altura em que toma posse do cargo de presidente o Morgado António Ferreira Correia Henriques.

 



[1]  Relativamente à data do óbito do Capitão João Joaquim Figueira Henriques, não encontramos o livro de óbitos correspondentes a 1842. Contudo, o seu nome encontra-se no índice de óbitos referentes a 1842 e registado num dos livros de óbitos da freguesia de Câmara de Lobos, correspondente ao livro 10 de óbitos da freguesia de Câmara de Lobos, folhas 12, livro este cujo paradeiro é desconhecido.

[2]   Eram também filhos do Capitão Francisco Figueira Henriques e de Margarida Rita Ascenção e, por isso irmãos da Capitão João Joaquim Figueira Henriques: Ana Rita Henriques, casada com o capitão António Gonçalves Henriques; Luisa, casada com Francisco Luís Pinto; Maria Justina Henriques, falecida em Câmara de Lobos, solteira e sem geração, no dia 11 de Outubro de 1860; Vitorina Narcisa Henriques, que faleceu solteira e sem geração; Justina Salomé Rita Henriques, falecida em Câmara de Lobos, solteira e sem geração, no dia 5 de Março de 1864 e Joaquina Luisa Henriques, casada, em Câmara de Lobos, no dia 26 de Junho de 1828, com o Alferes Luís Soares de Sousa e falecida no dia 29 de Abril de 1889 aos 85 anos, 6 meses e 12 dias.

[3]   João Joaquim Figueira Henriques, terá casado, em 1878, em Câmara de Lobos com Augusta de Jesus (L.3150, fls.22vº) e, posteriormente, em segundas núpcias, em 1887, na freguesia da Quinta Grande, com Victorina de Jesus (L.3465, fls. 3vº).

[4]   No livro 3 de baptizados da Serra de Água, pg. 117v. surge o registo do baptismo de uma Maria,  filha de Maria Joaquina e mais tarde reconhecida como filha do Capitão João Joaquim Figueira Henriques segundo termo de reconhecimento  referenciado como estando no Livro 5º folha 20, livro esse que no entanto se terá extraviado.

[5]   Livro 1 de registos da Câmara Municipal de Câmara de Lobos, 1835-1842, pg. 2-4vº.

[6]   Em 23 de Junho de 1836, por ocasião da tomada de posse de Silvino Augusto de Gouveia, como secretário da Câmara, o elenco camarário se mantinha-se idêntico ao primeiro, ainda que com António Caetano Figueira de Barros Henriques a servir de presidente.

[7]   Uma assinatura do Capitão João Joaquim Figueira Henriques pode ser encontrada no livro paroquial de baptismos de Câmara de Lobos, ano de 1802, pg. 176v.

 

 

Câmara de Lobos

Dicionário Corográfico
Edição electrónica

Manuel Pedro Freitas

Câmara de Lobos, sua gente, história e cultura