CÂMARA DE LOBOS - DICIONÁRIO COROGRÁFICO

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
 
Entrada > Dicionário > L > Levada do Jardim da Serra
 

 

 

Levada do Jardim da Serra

 

Partindo de um poço situado a norte do núcleo da quinta do Jardim da Serra, situada na, até 1996, freguesia do Estreito de Câmara de Lobos [1], para onde confluíam águas de várias nascentes, a levada do Jardim da Serra irrigava, através do ramal do Foro, parte do Estreito e atingia o sítio das Preces através da levada de Braz Gil de Faria. Para o efeito, a água era canalizada para o Damasqueiro e daí para uns poços situados na Ribeira da Caixa, a partir dos quais a água era então lançada na levada de Braz Gil de Faria.

Com a construção da levada do Norte esta levada haveria de perder muito da sua importância e em virtude do abandono a que, no último quartel do século XX, a propriedade da quinta do Jardim, foi votada, levaria também à sua extinção.


 


[1]      Em 1996 toda a zona alta da freguesia do Estreito de Câmara de Lobos, onde se incluía o sítio da Corrida e Quinta do Jardim da Serra, passaram a integrar a freguesia do Jardim da Serra, nesse ano criada.

 

 

Câmara de Lobos

Dicionário Corográfico
Edição electrónica

Manuel Pedro Freitas