CÂMARA DE LOBOS - DICIONÁRIO COROGRÁFICO

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z  
 
Entrada > Dicionário > P > Pereira, João Ernesto

João Ernesto Pereira

 

 

Pereira, João Ernesto

 

João Ernesto Pereira era natural da freguesia de São Martinho, onde nasceu no sítio das Quebradas a 3 de Novembro de 1894, tendo falecido a 17 de Outubro de 1981, na freguesia de Câmara de Lobos. Era filho de João Francisco Pereira e de Maria Adelaide Afonso Pereira. Era neto materno de Francisco Leandro Afonso e de Maria Emília Correia, naturais da freguesia de Santo António.

Casou na freguesia de Câmara de Lobos, a 28 de Março de 1912 ([1]) com Maria Matilde Lopes Pereira ([2]), natural de Câmara de Lobos e filha de Manuel Joaquim Lopes e de Maria Maltilde da Silva Lopes, de quem houve:

1. Dr. João Marcelino Pereira, natural de Câmara de Lobos, onde nasceu a 2 de Junho de 1915. Casou com Maria Conceição Henriques Pereira, natural de Câmara de Lobos, filha de Matilde Adelaide Henriques Pereira e de João Policarpo Pereira, de quem teve:

2. João Luís Henriques Pereira, natural de Câmara de Lobos. Casou com Maria Otília Rodrigues Pereira, de quem tem geração:

2. Duarte Manuel Henriques Pereira, natural de Câmara de Lobos. Casou com Maria da Conceição Monteiro Sousa Alves, de quem não há geração.

2. Dr. José António Henriques Pereira, natural de Câmara de Lobos, tendo falecido a 30 de Dezembro de 2005. Casou em Coimbra a 3 de Setembro de 1973 com Marta Carmelinda Gouveia Lopes, de quem houve:

3. Susana Marta Gouveia Lopes Henriques Pereira, natural de Coimbra, onde nasceu a 29 de Maio de 1974.

3. Luís Carlos Gouveia Lopes Henriques Pereira, natural de Coimbra, onde nasceu a 31 de Agosto de 1975.

2. Dr. Carlos Manuel Henriques Pereira, natural de Câmara de Lobos, onde nasceu no dia 10 de Outubro de 1948. Casou com Olga Fernanda Martins Coelho Nicolau Henriques Pereira de quem houve uma filha, tendo no entanto todos falecido, no Funchal,  em 19 de Novembro de 1977, na queda do avião, onde viajavam.

2. Ana Maria Henriques Pereira Nunes da Silva, natural de Câmara de Lobos. Casou com o Dr. Francisco Luís Nunes da Silva.

1. Maria Ângela Pereira Reis Gonçalves, natural de Câmara de Lobos, onde nasceu a 16 de Março de 1917. Casou em Câmara de Lobos com António Leandro dos Reis Gonçalves, de quem houve:

2. João Manuel Pereira Reis Gonçalves, natural de Câmara de Lobos, onde nasceu a 10 de Janeiro de 1942. Casou com Maria Gabriela Dantas Reis Gonçalves de quem tem:

3. Claudia Margarida Dantas Reis Gonçalves Andrade, natural do Funchal, onde nasceu a 27 de Janeiro de 1969. Casou com Luís Miguel dos Santos Andrade.

3. António João Dantas Reis Gonçalves, natural do Funchal onde nasceu a 15 de Fevereiro de 1976.

2. Ângela Maria Pereira Reis Gonçalves Andrade, natural de Câmara de Lobos, onde nasceu a 15 de Março de 1943. Casou com José Carlos S. Andrade.

3. Carlos Ângelo Reis Gonçalves Silva Andrade, natural do Funchal, onde nasceu a 8 de Setembro de 1972.

3. Catarina Susana Reis Gonçalves Silva Andrade, natural do Funchal onde nasceu a 16 de Dezembro de 1980.

2. António Alberto Pereira Reis Gonçalves, natural de Câmara de Lobos, onde nasceu a 25 de Junho de 1952. Casou com Maria Dalila Sousa Pinto Reis Gonçalves, de quem tem:

3. Sara Catarina Sousa Pinto Reis Gonçalves, natural do Funchal, onde nasceu a 8 de Janeiro de 1980.

3. António André Sousa Pinto Reis Gonçalves, natural do Funchal, onde nasceu a 16 de Janeiro de 1985.

3. Beatriz Maria Sousa Pinto Reis Gonçalves, natural do Funchal, a 10 de Novembro de 1987 (?).

1. Maria Alda Pereira Ferraz, natural de Câmara de Lobos. Casou com Manuel Figueira Ferraz, de quem teve:

2. Maria Benvinda Pereira Ferraz Ornelas, natural de Câmara de Lobos. Casou com Sabino Adelino de Ornelas, de quem houve:

3. Luís Manuel Pereira de Ornelas.

3. Sabino Rui Pereira de Ornelas.

3. João Tadeu Ferraz de Ornelas.

3. Cirilo Ferraz de Ornelas.

2. Maria Josefina Pereira Ferraz Azevedo, natural de Câmara de Lobos. Casou com João Abel Gonçalves de Azevedo, que foi presidente da Câmara Municipal de Câmara de Lobos e de quem houve:

3. Miguel Ângelo Ferraz de Azevedo.

3. Ricardo Jorge Ferraz de Azevedo.

2. Maria Salomé Pereira Ferraz Alves, natural de Câmara de Lobos. Casou com João Augusto Rodrigues Alves, de quem houve:

3. Catarina Filipe Ferraz Alves.

2. Maria Angelina Pereira Ferraz, natural de Câmara de Lobos.

2. Manuel da Conceição Pereira Ferraz, natural de Câmara de Lobos.

2. Gonçalo dos Santos Pereira Ferraz, natural de Câmara de Lobos. Casou com Maria Isabel Sousa Andrade de quem houve:

3. Gonçalo Bruno Andrade Ferraz.

3. Claudia Sofia Andrade Ferraz.

2. Dra. Maria Luzia Pereira Ferraz, natural de Câmara de Lobos.

1.  Maria Matilde Pereira Ferreira, natural de Câmara de Lobos. Casou com João (Henrique?) Ferreira, de quem houve:

2. João Alberto Pereira Ferreira, casado com Jacinta Ferreira, de quem houve:

3. Paulo Alexandre Guerra Ferreira.

3. Tânia Michel Guerra Ferreira.

2. Carlos Henrique Perreira Ferreira. Casou com Maria Susana Ferreira Freitas, de quem houve:

3. Alex Freitas Ferreira.

3. Marlene Freitas Ferreira.

2. Teresa Maria Pereira Ferreira.

2. António Juvenal Pereira Ferreira. Casou com Maria Fernanda Rocha Lamy, de quem houve:

3. Ana Paula Lamy Ferreira.

3. Natacha Lamy Ferreira.

2. Maria Margarida Pereira Ferreira Freitas. Casou com Miguel António Ferreira Freitas, de quem houve:

3. Bruno Miguel Ferreira Freitas.

3. Catarina Raquel Ferreira Freitas.

2. Maria Judite Pereira Ferreira Teles. Casou com Tiago Tarciso Teles, este em segundas núpcias, de quem não há geração.

2. Luís Manuel Pereira Ferreira. Casou com Margarida do Carmo Guerra Ferreira, de quem houve:

3. Tamara Guerra Ferreira

2. Ângela Maria Pereira Ferreira.

2. José Marcelino Pereira Ferreira.

1. Juvenal Evangelista Pereira, tendo casado no Funchal, a 4 de Setembro de 1965, com Maria José do Nascimento Pereira, de quem houve:

2. Duarte Miguel Nascimento Pereira, natural do Funchal, onde nasceu a 21 de Janeiro de 1967.

2. Teresa Patrícia Nascimento Pereira, natural do Funchal, onde nasceu a 17 de Abril de 1970.

1. Maria Ester Pereira Fernandes (faleceu a 29 de Dezembro de 2004), casada com José Fernandes de quem houve:

2. Dr. José Norberto Pereira Fernandes, nascido na freguesia de São Martinho a 16 de Julho de 1951. Casou com Dra. Manuela dos Santos Antunes Catanho Pereira Fernandes, de que tem posteriormente se viria a divorciar, mas quem houve::

3. Paula Alexandra Catanho Pereira Fernandes.

3. Ana Teresa Catanho Pereira Fernandes.

3. Pedro Miguel Catanho Pereira Fernandes.

2. João Carlos Pereira Fernandes, nascido em São Martinho no dia 16 de Julho de 1952.

2. Rui Alberto Pereira Fernandes, natural da freguesia de São Martinho.

1. Maria Zita Pereira Pestana, nascida a 28 de Maio de 1927 casada com João Evangelista Pestana a 29 de Setembro de 1952, em Câmara de Lobos, de quem houve:

2. João Ângelo Pereira Pestana, nascido a 2 de Outubro de 1953, casado com Maria Edite Sousa Pinto Pestana, de quem houve:

3. Maria João Pinto Pestana, natural do Funchal, no dia 6 de Dezembro de 1983.

2. António Valério Pereira Pestana, nascido em 16 de Novembro de 1954, casado com Ana Maria Nunes Andrade Pestana, de quem há:

3. Filipe Valério Andrade Pestana, natural do Funchal, onde nasceu no dia 5 de Junho de 1985.

2. Zita Maria Pereira Pestana, natural de Câmara de Lobos, onde nasceu a 7 de Abril de 1964.

2. Maria Lúcia Henriques Pereira Pestana de Almeida, nascida a 12 de Abril de 1965, casada com João Filipe Teixeira de Almeida, de quem há:

3. Inês Margarida Pestana Teixeira de Almeida, natural de Câmara de Lobos, onde nasceu a 7 de Junho de 1993.

3. Mariana Isabel Pestana Teixeira de Almeida, natural de Câmara de Lobos, onde nasceu a 13 de Outubro de 1994.

1. Dr. Alberto Antonino Pereira, casado com Alina Maria Soares de Sousa Caires Pereira, de quem houve:

2. Alberto José Caires Pereira, natural de Santa Cruz-Coimbra, onde nasceu a 6 de Junho de 1970.

2. Sérgio Ernesto Caires Pereira, natural do Funchal, onde nasceu a 12 de Dezembro de 1972.

2. Liliana Maria Caires Pereira, natural do Funchal, onde nasceu a 10 de Maio de 1974.

1. Maria Judite Pereira Afonso, casada, em Câmara de Lobos com João Araújo Afonso, filho de Francisco Correia Afonso, natural de São Martinho e de Augusta da Conceição Araújo, natural da freguesia do Estreito de Câmara de Lobos, de quem houve:

2. Judite Maria Pereira Afonso, nascida a 1 de Dezembro de 1959.

2. Ana Maria Pereira Afonso, nascida na freguesia de Câmara de Lobos, no dia 6 de Maio de 1963.

2. João Francisco Pereira Afonso, nascido na freguesia de Câmara de Lobos, no dia 5 de Dezembro de 1966 e casado com Maria Lurdes Nóbrega Santos, natural do Caniço, de quem tem:

3. João Leonardo Santos Afonso, nascido a 26 de Setembro de 1990.

1. Nuno Alvares Pereira, nascido a 24 de Junho de 1944, casado, em Câmara de Lobos a 9 de Março de 1974, com Maria Filomena Gonçalves Henriques Pereira, de quem houve:

2. Matilde Ivone Henriques Pereira, natural do Funchal, onde nasceu a 9 de Novembro de 1975.

2. Helena Isabel Henriques Pereira, natural do Funchal, onde nasceu a 4 de Outubro de 1977.

 

João Ernesto Pereira, apesar de não ser natural de Câmara de Lobos, foi no seu tempo uma das figuras de maior prestígio no concelho de Câmara de Lobos, facto a que não era alheia a sua ligação, por casamento e por laços familiares a importantes famílias locais, como à sua longa ligação a cargos político-administrativos.

A par da sua actividade como proprietário agrícola e que o levou a estar à frente da comissão de heréus de algumas levadas, a sua vida ficaria marcada por uma grande actividade política, tendo por várias vezes, feito parte do elenco administrativo da Câmara Municipal de Câmara de Lobos e também exercido o cargo de Administrador.

O seu baptismo nas lides camarárias aconteceu a 28 de Janeiro 1918, quando, na sequência de um alvará datado de 26 de Janeiro, nomeando uma nova Comissão Administrativa, toma posse do cargo de vogal e onde exerce as funções de Secretário.

No ano seguinte, a 9 de Junho de 1919 fazendo parte, como vice-presidente, de um novo corpo administrativo, nesse dia eleito e empossado, haveria, contudo de exercer as funções de presidente, dado o facto do indigitado para tal cargo, António Eduardo Henriques, nunca ter chegado a tomar posse. Manter-se-ia nessas funções até 21 de Novembro de 1919, dia em que é empossado um novo Corpo Administrativo.

Em 1931, volta às lides camarárias, como presidente da Comissão Administrativa da Câmara Municipal de Câmara de Lobos, nomeada por Portaria de 12 de Junho de 1931 e empossada a 17 do mesmo mês. Nesta altura acumularia as funções de presidente com as funções de Administrador do concelho, cargos de que seria, três anos mais tarde, exonerado a seu pedido, por alvará de 16 de Julho de 1934.

Em 1937, João Ernesto Pereira volta às lides políticas, desta vez como Administrador do concelho, cargo para que é nomeado por alvará de 28 de Julho, sendo empossado nessas funções no dia 31 de Julho ([3]) e onde se mantém até 16 de Novembro de 1939, altura em que, em consequência de um seu pedido de exoneração, é substituído pelo tenente Manuel Carlos da Silva ([4]). Contudo, na mesma altura em que era exonerado das funções de administrador, aceita as de vogal da Comissão Administrativa, na altura chefiada pelo prof. Ângelo de Menezes Marques, ocupando pouco tempo depois a sua vice-presidência ([5]).

Apesar de Ângelo de Menezes Marques ter sido exonerado do cargo de presidente da Câmara, por alvará de 14 de Novembro de 1941 e ter sido substituído por José de Sousa Câmara, que toma posse a 20 de Novembro, João Ernesto Pereira haveria de continuar no novo elenco camarário como vice-presidente ([6]).

A 27 de Julho de 1944, José de Sousa Câmara, preside à sua última sessão à frente dos destinos da Câmara e informa os restantes membros que havia solicitado a sua exoneração ([7]). Em consequência disso, a partir desse momento João Ernesto Pereira, passa a exercer as suas funções, na qualidade de vice-presidente, responsabilidades que manteria até à nomeação, por alvará de 24 de Agosto de 1945, do Dr. Vasco dos Reis Gonçalves, para presidente ([8]). A nomeação, do Dr. Vasco Reis Gonçalves, não viria a ser impeditiva da continuação de João Ernesto Pereira como vice-presidente, cargo que só abandonaria a 18 de Abril de 1959, o mesmo acontecendo com o Dr. Vasco Reis Gonçalves, em consequência da tomada de posse de um novo elenco camarário chefiado por António Prócoro de Macedo Júnior.

Na sua reunião de 18 de Maio de 1995, a Câmara Municipal de Câmara de Lobos, delibera atribuir o seu nome ao caminho que a margina o, então, popularmente conhecido por caminho das Voltas, passa junto aquela que fora a sua residência.



[1] Data do casamento civil.

[2] Falecida a 26 de Novembro de 1973.

[3] Na sua edição de 29 de Julho de 1937, o Diário da Madeira, informava que, por incompatibilidade com as funções de professores oficiais, havia sido exonerado de administrador do Ângelo de Menezes Marques, na altura a ocupar as funções de presidente da Comissões Administrativas da Câmara Municipal do concelho de Câmara de Lobos

[4] Livro de Vereações da CMCL, acta de 16 de Novembro de 1939. Sobre a nomeação e tomada de posse do novo administrador o Diário da Madeira faz referência nas suas edições de 11, 17 e de 18 de Novembro de 1939.

[5] O Jornal, edição de 14 de Janeiro de 1940.

[6] Por alvará de 3 de Janeiro de 1942, nova Comissão Administrativa é nomeada, sendo reconduzidos tanto o presidente como o vice-presidente.

[7] Só por alvará de 2 de Julho de 1945, presente na sessão camarária de 18 de Julho de 1945 é que José de Sousa Câmara é oficialmente exonerado.

[8] Livro de Vereações da CMCL. Acta da reunião de 12 de Setembro de 1945.

Câmara de Lobos

Dicionário Corográfico
Edição electrónica

Manuel Pedro Freitas

Câmara de Lobos, sua gente, história e cultura