CÂMARA DE LOBOS - DICIONÁRIO COROGRÁFICO

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
 
Entrada > Dicionário > P > Pereira, João Marcelino
 


 

 

Pereira, Dr. João Marcelino

 

Nasceu, no sítio da Lourencinha, freguesia de Câmara de Lobos, no dia 2 de Junho de 1915. É filho de João Ernesto Pereira e de Maria Matilde Lopes Pereira, falecida a 26 de Novembro de 1973.

Casou, em Câmara de Lobos, com Maria da Conceição Henriques Pereira, natural de Câmara de Lobos, filha de Matilde Adelaide Henriques Pereira e de João Policarpo Pereira, de quem houve:

1.  João Luís Henriques Pereira, natural de Câmara de Lobos. Casou com Maria Otília Rodrigues Pereira, de quem há geração:

1.  Duarte Manuel Henriques Pereira, natural de Câmara de Lobos. Casou com Maria da Conceição Monteiro Sousa Alves, de quem não há geração.

1 Dr. José António Henriques Pereira, natural de Câmara de Lobos, tendo falecido a 30 de Dezembro de 2005. Casou em Coimbra a 3 de Setembro de 1973 com Marta Carmelinda Gouveia Lopes, de quem houve:

2. Susana Marta Gouveia Lopes Henriques Pereira, natural de Coimbra, onde nasceu a 29 de Maio de 1974.

2. Luís Carlos Gouveia Lopes Henriques Pereira, natural de Coimbra, onde nasceu a 31 de Agosto de 1975.

1.  Dr. Carlos Manuel Henriques Pereira, natural de Câmara de Lobos, onde nasceu no dia 10 de Outubro de 1948. Casou com Olga Fernanda Martins Coelho Nicolau Henriques Pereira de quem houve uma filha, tendo no entanto todos falecido, no Funchal,  em 19 de Novembro de 1977, na queda do avião, onde viajavam.

1.  Ana Maria Henriques Pereira Nunes da Silva, natural de Câmara de Lobos. Casou com o Dr. Francisco Luís Nunes da Silva.

 

Depois de concluído o curso liceal, no Liceu do Funchal, matriculou-se na faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, transferindo-se depois para Lisboa, onde se licenciou em 1939.

Foi nomeado no dia 12 de Setembro de 1945, médico  interino do partido médico das freguesias de Câmara de Lobos e da Quinta Grande, cargo de que tomou posse no dia seguinte. No dia 12 de Fevereiro de 1947, a Câmara Municipal de Câmara de Lobos, nomeia-o médico municipal, tomando posse efectiva do cargo no dia 12 de Março do mesmo ano e onde se manteria até 1979, altura em que por atingir o limite de idade, passa à situação de aposentado.

Em Outubro de 1945, é nomeado interinamente, Delegado de Saúde [1], cargo em que se torna electivo em Abril de 1947 [2].

No dia 15 de Outubro de 1954 é nomeado Ajudante de Cirurgia do Sanatório Dr. João de Almada, cargo de que toma posse a 1 de Março de 1955. Posteriormente viria a ingressar nos quadros do Centro Hospitalar do Funchal, como especialista em cirurgia.

No dia 9 ou 10 de Novembro de 2006, foi juntamente com os Drs. Adolfo Brasão, Leonel de Mendonça, Luciano Castanheira, Nélio Ferraz de Mendonça, João Marcelino Pereira, Romão de Sousa, Rui Silva e Samuel Quintal, alvo de uma homenagem, prestada pela Ordem dos Médicos por ter completado 50 anos de inscrição nesta entidade.

A 16 de Outubro de 1999 a Câmara Municipal de Câmara de Lobos  homenageia-o com a atribuição da Medalha de Mérito Municipal.



[1] Diário de Notícias, 9 de Outubro de 1945.

[2] De acordo com o DN? de 9 de Abril de 1947, numa das suas últimas sessões, a Junta Geral havia nomeado o Dr. João Marcelino Pereira para Delegado de Saúde.

Câmara de Lobos

Dicionário Corográfico
Edição electrónica

Manuel Pedro Freitas

Câmara de Lobos, sua gente, história e cultura