CÂMARA DE LOBOS - DICIONÁRIO COROGRÁFICO

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z  
 
Entrada > Dicionário > Q > Quinta da Leonor
 

 

 

Quinta da Leonor

 

Propriedade constituída por casa de residência e terreno agrícola, com características de  uma quinta madeirense, situada na freguesia do Jardim da Serra, no limite sul da Quinta do Jardim da Serra e apenas dela separada um um velho caminho, hoje conhecido por Caminho dos Murinhos.

Conhecida, nos últimos tempos, por Quintas ou Quinta da Leonor ou Quinta Leonor, numa alusão à sua proprietária, primitivamente pertenceu a Henry Veitch, o mesmo proprietário da Quinta do Jardim da Serra e onde existia uma edificação cuja arquitectura era em todo semelhante à actualmente existente na Quinta do Jardim da Serra, mas de de menores dimensões. Esta edificação existia no seu estado original no início do século XX, tendo depois entrado em ruína. Anos mais tarde, foi reconstruída, aproveitando-se da antiga edificação, apenas alguns dos seus alicerces.

Esta propriedade, que o povo perpetuou sob a denominação de quinta ou de quintas é descrita da seguinte forma, em 1877, num auto de penhora feito pela Fazenda Pública aos rendimentos provenientes das propriedades de Henry Veitch, na altura já falecido: "Outra casa coberta de telha sobradada e algumas cobertas de palha com terras de semeadura castanheiros e árvores de fruto, pinheiros e mais benfeitorias, no sítio onde chamam Achada de Foles da freguesia do Estreito, parte Norte com o Caminho que da Ponte do Salvador se dirige ao Chote, Sul com terras do Conde de Carvalhal e terras foreiras aos herdeiros de José Leão, Leste a vereda e Oeste com a vereda que segue para o Luzirão e terras do Conde Carvalhal".

Actualmente esta ou parte desta propriedade é pertença do Governo Regional da Madeira, que a adquiriu por forma a poder ampliar a Escola Básica do 1º ciclo do Jardim da Serra.

Em finais de 2008, princípios de 2009, foi esta propriedade pretendida pela Confraria das Carnes, para aí instalar um centro gastronómico, situação denunciada pela CDU [DN 13-01-2009]. Na altura, esta situação viria a ser desmentida, para logo a Junta de Freguesia local   reivindicar a posse do local para aí instalar um espaço de actividades comunitárias.

Por deliberação do conselho de Governo de 12 de Março de 2009, este decide ceder as áreas disponíveis deste prédio à Junta de Freguesia do Jardim da Serra, para a instalação de um Centro de Desenvolvimento Agrícola e Sociocultural, com o objectivo da recolha, a preservação e a reprodução da Biodiversidade Agrícola tipicamente madeirense

 

Câmara de Lobos

Dicionário Corográfico
Edição electrónica

Manuel Pedro Freitas

Câmara de Lobos, sua gente, história e cultura